O que é Cultura Organizacional

Dez 08

Muito tem se falado em cultura organizacional, mas você sabe o que significa? É o conjunto de hábitos, crenças, valores e comportamentos compartilhados na empresa. É como se fosse uma “identidade” da organização, como ela se posiciona e se comporta no dia a dia.

Inicialmente se forma pelos valores do fundador, e com o tempo, os costumes são moldados e passados para os colaboradores e todos os que compõem a organização.

 

Qual a Importância de Uma Cultura Organizacional?

Ter uma cultura organizacional bem definida é capaz de promover um ambiente com uma competição saudável, que instigue os objetivos pessoais enquanto contribui para as necessidades da empresa.

Com um ambiente mais saudável, há mais espaço para a produtividade, já que os colaboradores deixam de se preocupar com questões externas e passam a colocar a atenção e foco nas ações a serem desenvolvidas dentro da empresa.

 

1 – Atração e retenção de talentos

Uma cultura forte impacta na força da sua marca e na percepção do público, o que significa uma atração de potenciais talentos, além da alta retenção de colaboradores de excelência. Um ambiente com cultura forte potencializa funcionários engajados a darem o seu melhor.

 

2 – Autogerenciamento

Os benefícios de uma organização que tenha uma cultura forte também se refletem no autogerenciamento da equipe, uma vez que cada colaborador sabe o que fazer. Os gestores não precisam repetir à exaustão as regras tácitas ou implícitas, pois todos os colaboradores já a incorporaram e as seguem.

 

3 – Processos mais ágeis

Quando todos incorporam a cultura organizacional os processos se tornam mais rápidos, já que todo mundo sabe o seu papel dentro da organização, como fazer e quando executar. Problemas de comportamento inadequado e a energia para resolver esse tipo de conduta tende a diminuir quando a cultura está forte o suficiente.

 

Boas Práticas Para Facilitar a Compreensão da Cultura na Organização

– Encontre as pessoas certas: Sua empresa não vai conseguir fazer uma pessoa vestir a camisa e dar o sangue caso ela não queira. Para que o colaborador vista a camisa ela precisa ter seu tamanho e agradar seu gosto.

– Utilize o fit cultural como critério de seleção: Colaboradores e candidatos sempre apresentarão certos níveis de compatibilidade com as crenças e comportamentos pretendidos pela organização. Logo, é possível selecionar a melhor opção em relação ao ajuste com a cultura organizacional de uma empresa.

– Monitoria e acompanhamento da cultura: Não basta ter uma cultura estabelecida e forte se há falhas na implementação. É de extrema importância que haja mecanismos de controle e monitoramento de resultados, o que é completamente possível utilizando ferramentas de gravações, treinamentos e validação de condutas.

 

Depois de toda essa leitura, podemos concluir que é um tema de extrema relevância independente do tamanho da organização. Compreender os posicionamentos, visão a longo prazo e ter alinhamento entre liderança e liderados compõem os elementos que formam uma cultura sólida.

Comments (0)
    Post a Comment

    Please give us your valuable comment

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *